O prefeito Roberto Cláudio lançou, nesta segunda-feira (15/10), uma série de programas em benefício dos profissionais de educação do Município como parte da programação do Outubro Docente, em comemoração ao Mês do Professor. O lançamento ocorreu durante visitou as obras da Academia do Professor, localizada no Centro da Cidade.

Instituídos pela Secretaria Municipal da Educação (SME) a partir de demandas dos próprios profissionais, foram apresentados três projetos. O primeiro deles é o Programa Promoção da Saúe Integral do Profissional da Educação (Prosipe), resultado de parceira entre SME, Universidade de Fortaleza (Unifor) e Instituto de Previdência do Município (IPM). O Prosipe tem o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida e das condições de saúde dos profissionais da educação, com foco na saúde mental, vocal e do movimento.

O segundo projeto lançado nesta segunda-feira é o Programa de Pós-Graduação. O prefeito Roberto Cláudio assinou convênios com a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Universidade Aberta do Brasl (UAB) que garantem a oferta de cursos de especializações nas áreas de matemática, alfabetização e multiletramento aos professores da Rede Municipal. As parcerias com a Uece e UFC também incluem a viabilidade de oferta de programas de mestrados a partir de 2019.

Por último, foi assinada a portaria nº 1217/2018 que institui a Comissão para a Prevenção e Combate ao Assédio Moral, composta por representantes da SME e do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), para apurar casos de condutas na Rede Municipal. Essas situações poderão ser denunciadas à Ouvidoria da SME, pelo telefone 3459-6767 e pelo endereço eletrônico ouvidoria.sme.fortaleza.ce.gov.br. A Portaria está em consonância com a Lei nº 10.427/2015 – que institui a política de prevenção e combate ao assédio moral no âmbito da Administração Pública Municipal -, e com o Decreto nº 13.918/2016 – que regulamenta a Lei.

Academia do Professor

“A ideia é que aqui concentremos um conjunto de serviços de formação e qualificação do professor, inclusive com salas com educação à distância, bibliotecas com acervo físico e digital. Além disso, vamos ter assistência à saúde dirigida especialmente as necessidades deles e espaços para cultura, lazer e esporte”, afirmou o Prefeito ao visitar o canteiro de obras da futura Academia do Professor.

O equipamento, que tem previsão de entrega para o mês de dezembro deste ano, será um centro de formação, valorização e assistência aos professores e vai oferecer, além de serviços de promoção da saúde dos educadores, espaço cultural, auditório com mais de 300 lugares, piscina, academia, quadra poliesportiva, biblioteca e salas de aula.

De acordo com Dalila Saldanha, secretária da Educação do Município, a ideia é promover um conjunto de serviços que possam contribuir na melhoria de vida do professor. “Esse equipamento vai desenvolver várias políticas, inicialmente com enfoque na saúde vocal, mental e do movimento. A ideia é que possamos, por meio dessas áreas, oferecer serviços como fonoaudiólogo, psicólogos, educadores físicos para promover a saúde dos professores e dos profissionais da educação, além de atividades físicas funcionais, natação, hidroginástica, pilates, escolas de luta, fortalecendo todo o processo pessoal e profissional”, explicou.

O novo equipamento, que atenderá 13 mil profissionais, está orçado em R$ 4,4 milhões, contando com uma área de 4.400m² e já está com 80% da obra concluída, resultado de um convênio da Prefeitura de Fortaleza com o Governo do Estado.