O prefeito Roberto Cláudio autorizou aos órgãos e entidades da Administração Pública Municipal Direta e Indireta considerarem a ausência dos servidores públicos no expediente do dia 28 de abril como falta justificada.

Nesse dia, a paralisação dos transportes coletivos de Fortaleza e região metropolitana prejudicou o deslocamento dos servidores e de toda população da cidade.

A decisão tem como base o que dispõe o artigo 31 do Decreto de Controle de Frequência nº14.004 (maio de 2017) e está na Portaria nº 19 da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão.

CLIQUE AQUI PARA VER PORTARIA NA ÍNTEGRA