O prefeito Roberto Cláudio abriu, no sábado (07/10), o II Seminário dos Agentes de Cidadania e Controle Social. O evento realizado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Participação Social (CEPS), aconteceu no Ginásio Poliesportivo da Parangaba e reuniu centenas de profissionais das seis Regionais da Capital.

Durante o evento, o gestor entregou bilhetes únicos carregados com crédito de 44 passagens aos agentes, além de camisetas e bonés de identificação para facilitar o trabalho na Cidade. "Tivemos muitas melhorias no nosso trabalho e na Capital desde que o Roberto Cláudio assumiu. Ele vai em todos os lugares e conhece os problemas de perto. Depois dele, temos muito mais acesso à Prefeitura como um todo", disse Andrea Oliveira, que atua como agente da cidadania no Grande Jangurussu.

Fortaleza conta mais de 500 agentes de cidadania e controle social eleitos pela população. Eles acolhem as demandas das comunidades e levam para as Secretarias Municipais em busca de soluções mais rápidas.

"Esta é a nossa estrutura mais democrática de participação popular efetiva e, a partir de agora, queremos representantes por Regionais participando das reuniões de secretariado para trazer a visão de quem está na ponta, que na verdade é quem mais interessa à gestão, os moradores da Cidade", afirmou o prefeito Roberto Cláudio.

Na manhã deste sábado (07/10), os agentes foram recebidos com um café da manhã. Depois da abertura oficial do evento, eles assistiram uma palestra sobre cidadania e controle social proferida pelo secretário executivo da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, Paulo Roberto Nunes, e em seguida, uma aula sobre motivação com o palestrante Felipe Rima.

"Isso é só o começo. Um dos nossos objetivos é oferecer qualificação, para enriquecê-los com informações necessárias para o exercício da cidadania e controle social", destacou a coordenadora adjunta de Participação Social, Lia Ferreira Gomes. Ao final, os agentes receberam um certificado pela participação do seminário.